Tecendo Corporeidades – Tecido acrobático na formação artística de jovens

O tecido acrobático surgiu como arte circense e hoje ganha seu espaço como esporte e atividade de conhecimento do corpo. Tecendo Corporeidades – A experiência da arte na formação do sujeito é um projeto das Artes Cênicas,  premiado pelo Prêmio Nodgi Pellizzetti de Incentivo à Cultura em 2016, de Rio do Sul, que irá oferecer para jovens da rede pública de ensino oficinas gratuitas de Tecido Acrobático e expressão corporal.

As inscrições podem ser feitas na Secretária da Fundação Cultural de Rio do Sul ou pelo e-mail tecendocorpo@gmail.com. Mas corre, porque se encerram 24/2! As aulas iniciam no dia 6 de março, na Fundação Cultural.

As aulas são voltadas para alunos de 10 a 14 anos de escolas públicas do município. Quem ministra os encontros é Mariana de Los Santos, que trabalha com dança e tecido há 3 anos.

A artista comenta que a intenção é trabalhar com as potências dos alunos. “Meu trabalho integra uma percepção de si e do grupo ao mesmo tempo. A preocupação com as técnicas específicas da prática do tecido são secundárias ao estímulo a expressão livre dos participantes, que não manifestar cada um à sua maneira seu jeito de estar no mundo. Quero dar um espaço para conhecerem um pouco da arte circense mas também conhecerem um pouco a si mesmos, através da arte, com a minha mediação.”

Ao fim do projeto a ideia é fazer uma mostra aberta ao público em geral e também apresentar o registro audiovisual dos encontros.

 

 

 

Por Susana Lima.