Música Cinema e cultura indígena

Oca cultural tem várias atividades no mês de abril.

Coletivo independente de produção cultural de Rio do Sul, que atua há dois anos na cidade, continua movimentando diversas atividades e a programação de abril conta com cinema, música e cultura indígena.

Começando hoje, quinta, com a exibição do filme “Muito além do Cidadão Kane, no Cineforma, a partir das 20h, no espaço do coletivo, na rua Olavo Bilac. Aliás, todas as quintas do mês trazem um novo filme. A temática das exibições de abril abordam a história de construção do Brasil, a ideia é lembrar datas cívicas que fazem parte de nossa história e formação identitária, exibindo filmes que tratam de forma direta ou indireta os conflitos e contradições da república brasileira.

Saiba mais no evento >> http://bit.ly/Cineforma 

Domingo a discotecagem e descontração invadem o espaço da Oca, com a festa Tropicana. Quem comanda a play é Natacha Santos. O bailinho é especial para espantar o frio que começa a chegar por aqui e reunir o pessoal que curte música brasileira, dançante e vibrante do MPB, ao samba, chegando aos novos ritmos latinos.

Confirme presença no evento >> http://bit.ly/FestaTropicana 

Na semana que vem o coletivo recebe mais uma vez o grupo indígena Fulni-ô. No ano passado o grupo passou pela região apresentando sua cultura e buscando auxílio para sua comunidade. Confira como foram as atividades AQUIOs Fulni-ô participam da hospedagem solidária e ficam hospedados no coletivo na semana que vem, enquanto fazem ações pela cidade e em escolas.

O que nesse mês de abril não poderia faltar também é o Karaokê na Oca que é para todo mundo soltar a voz e o corpo ao som dos mais diversos clássicos do Brasil e do mundo. No dia 20 a partir das 20h.

Outra atividade periódica que o coletivo está promovendo é o Ensaio Aberto, onde bandas abrem o seu ensaio para que o público, aproveitar o domingo a tarde para acompanhar as novas produções e testes, além de conhecer a música produzida na região. Esse mês tem #Ensaioaberto com a banda Liss, dia 23 a partir das 16h. 

O Cena Livre também participa da programação do coletivo e leva a gravação do programa Ao vivo, para a Oca. A segunda selecionada para participar da entrevista e gravar a apresentação de suas músicas em HD é a banda Costeletas.

Para participar a entrada é de 1kg de alimento, destinado a manutenção do coletivo.

Acompanhe a movimentação da Oca Cultural e os eventos pelo facebook. Saiba mais do coletivo e suas atividades no site >> www.ocacultural.com